MATRÍCULAS EM DISCIPLINA ISOLADA e/ou OUVINTES – DIAS 03 e 04 DE NOVEMBRO DE 2021

02/11/2021 22:10

MATRÍCULAS EM DISCIPLINA ISOLADA e/ou OUVINTES – DIAS 03 e 04 DE NOVEMBRO DE 2021

A matrícula em disciplina isolada é realizada presencialmente na secretaria do Departamento de Informática e Estatística (INE), porém, com a suspensão do expediente presencial nas atividades técnicas e administrativas em todas as unidades da UFSC, realizaremos as matrículas diretamente pelo e-mail institucional nos dias 03 e 04 de novembro de 2021.

O pedido e a entrega dos documentos solicitados para análise, deverão ser remetidos por e-mail até as 17:00 horas do dia 04/novembro/2021, conforme previsto no Calendário Acadêmico Suplementar Excepcional dos Cursos de Graduação (https://dae.ufsc.br/files/2021/04/R06CUn2021-Calend%C3%A1rio-Suplementar-Excepcional-de-Gradua%C3%A7%C3%A3o-2021.pdf):

1) Certificado de conclusão do 2ºGrau: documento exigido em casos de pedidos de matrícula somente em disciplinas sem pré-requisito para comprovação de escolaridade;

2) Histórico escolar do ensino superior: documento exigido em casos de pedidos de matrícula em disciplinas com pré-requisito. Com a apresentação do histórico, não é necessário a entrega do comprovante de 2º grau.

3) Cópia das ementas e/ou programas das disciplinas cursadas na instituição de origem, quando a disciplina solicitada exigir pré-requisitos.

4) Identidade, CPF e preenchimento da ficha de inscrição com a justificativa para o pedido da(s) disciplina(s) (link para download do formulário no final da mensagem) .

Observações:

  1. Relação dos currículos dos cursos de graduação com sua distribuição por fases, disciplinas e pré-requisitos:

https://cagr.sistemas.ufsc.br/arvore.xhtml?treeid=30

  1. Programas de Ensino do Departamento de Informática e Estatística (INE):

https://planos.inf.ufsc.br/modulos/programas/aprovados.php

  1. Turmas e estimativa de saldos de vagas no semestre.

https://cagr.sistemas.ufsc.br/modules/comunidade/cadastroTurmasIsoladas/

Maiores detalhes como vagas em disciplinas ofertadas pelo Departamento INE, formulário de inscrição, comprovantes de matrículas, etc. deverão ser obtidas diretamente pelo e-mail das 9:00 as 17:00 horas dos dias 03 e 04 de novembro de 2021.

 

Formulário de Solicitação de Disciplina IsoladaFormulário Disciplina Isolada

 

In Memoriam – Prof. Leandro José Komosinski

06/04/2021 10:59

Certamente escrever essas palavras a respeito do meu colega, amigo e professor Leandro Komosinski está sendo meu maior desafio como professor e atual chefe do INE.

Quando eu entrei na UFSC, o Leandro era coordenador do curso de Sistemas de Informação. Lembro nitidamente de nossa primeira conversa, em que ele me convidava para assumir uma turma de Introdução à Programação. Percebi na hora sua preocupação com os alunos do curso e comigo, que ele mal conhecia, visando me deixar o mais preparado possível para entrar em sala de aula. Sem dúvida, um belíssimo exemplo de quem tem no ensino sua vocação.

Com o passar dos anos, acabei assumindo a subchefia e depois a chefia do INE e tive a sorte de virar vizinho de sala do Leandro. Com ou sem problemas, com muito ou pouco tempo, o Leandro sempre estava disposto a ajudar em qualquer situação que fosse, sempre ponderou tudo muito bem, com o olhar de quem veste a camisa dos cursos e da UFSC.

Com 31 anos na UFSC, o professor Leandro orientou mais de 30 trabalhos de conclusão de curso, ministrou inúmeras turmas de Programação e Programação para Web para os cursos de Ciência da Computação e Sistemas de Informação e também orientou trabalhos de Mestrado no Programa de Pós-Graduação em Ciência da Computação. O professor Leandro também deixou sua contribuição com a administração da UFSC tendo atuado como vice-coordenador e depois coordenador do curso de Sistemas de Informação.

Sua atenção, cuidado e zelo com o ensino e com tudo relacionado ao ensino ficam como exemplo e inspiração para nós professores. Todas as aulas ministradas, as orientações, os atendimentos e conversas com os alunos influenciaram e influenciam incontáveis profissionais que levam consigo o conhecimento e o amor do prof. Leandro em lecionar.

A seguir, alguns depoimentos, relatos e breves palavras de alunos, ex-alunos e colegas do Leandro. Ao final, uma entrevista sua realizada pelo seu colega de sala, o prof. Rafael de Santiago.

Professor Elder Rizzon Santos
31/03/2021

Depoimentos, relatos e mensagens

Hoje de manhã nós, alunos do curso de Sistemas de Informação da UFSC, fomos surpreendidos pela triste notícia do falecimento do professor Leandro.

Conheci o professor Leandro neste semestre e o estimava muito. Estou muito triste com a notícia. Meus sentimentos à sua família.

Queria compartilhar um pouco do que o Leandro foi pra mim.

Eu sou aluna da terceira fase do curso, ainda no seu princípio. Tenho outra graduação e mestrado e aos trinta anos resolvi mudar de carreira.

Nesta jornada, com muito medo, vim destinada a aprender o máximo que poderia nesta oportunidade que é uma graduação pública de qualidade. O professor Leandro foi, sem dúvidas, um dos melhores professores que eu já tive o prazer de ver lecionar e a gratidão de ser aluna. Inevitável sentir sua paixão pelo ensino.

Tive algumas dificuldades na disciplina. O professor Leandro me ajudou no entendimento das novas tecnologias que movem o mundo diariamente. Ele me guiou, e foi significativo, por essa jornada na área de TI que aos trinta e poucos anos naturalmente dá um pouco de medo.

Didático, se reinventava em quantas vezes fossem necessárias para transmitir o conhecimento ao aluno. Fiquei algumas vezes depois da aula tirando dúvidas sobre como fazer a máquina funcionar, dúvidas de conteúdo, dúvidas e dúvidas. Pacientemente, o professor Leandro ia retirando cada uma das dúvidas e deixando um rio límpido e cristalino de conhecimento puro. Eu sou muito grata à ele.

Quando eu precisei fazer uns testes na máquina, em outros momentos, me pediu para mantê-lo informado se havia dado certo. Se preocupava. Ele se preocupava. Mas não só comigo, evidentemente: inúmeros relatos, sempre muito positivos, escutei ao longo dos semestres sobre o professor Leandro. Era atencioso com seus alunos. Era atencioso com sua função Mestre de transmitir conhecimento às gerações seguintes.

Dizem que todo professor carrega uma missão extraordinária na sociedade: levar o conhecimento do minuto passado ao minuto seguinte, inspirando seus pupilos nessa jornada incrível que é viver nesse planeta com um pouco mais de conhecimento.

Eu vejo os professores como mentores que seguram a tocha da sabedoria humana, acumulada ao longo de séculos, e iluminam o caminho para o restante de todos nós. Um caminho que naturalmente é envolto pelo oceano escuro da ignorância, do que não sabemos. São heróis.

O professor Leandro, não tenho dúvidas, demonstrava uma imensa satisfação em segurar a chama do conhecimento para nós, lecionando como podia, com estima, dedicação, humildade, atenção e inspiração. E claro, com isso, ensinava muito mais do que o pedido em uma disciplina curricular: valores que não estavam descritos em nenhum código, em nenhuma tecnologia.

Hoje vai um gigante!

Professor Leandro, obrigada por erguer essa tocha pra gente. Com humildade e carinho digo: o senhor inspirou muitos de nós a também segurar essa chama viva do conhecimento humano. A gente mantém ela acesa pelo senhor. Que sejamos luz no caminhos do nosso próximo! Assim como o senhor foi pra gente.

Obrigada, Professor.

Nós, alunos, já sentimos a sua falta. Um abraço fraterno e de muito amor à sua família.

Descanse em paz!

Com carinho,

Barbara Calderon e Alunos do Curso de Sistemas de Informação da Universidade Federal de Santa Catarina


Meus mais sinceros sentimentos à familia dele e amigos. Tive contato com o Leandro quando eu era da computação e marquei horário na sala dele (ele era coordenador do curso) pois eu queria transferência para sistemas, e ele me explicou que o ideal seria tentar vestibular pois dificilmente abria alguma vaga.

No geral o Leandro sempre foi muito solícito, acho que é uma das características que mais marcou. Ele sempre era atencioso, respondia os emails com muito cuidado e buscava não nos deixar com nenhuma dúvida. Sempre o admirei como pessoa e como trabalhador, pois ele executava a função dele bem demais! E era um ótimo professor. 

Já chorei bastante e sentirei muita falta dele. Minha última lembrança foi de uma video chamada com ele, combinando sobre o meu tema de TCC. Lembro do sorriso dele quando confirmei que queria sim que ele fosse meu orientador. 

Na hora que li a notícia eu estava em choque e não consegui falar muita coisa, só dizer que ajudaria na contribuição da coroa. 

Com certeza vou guardar o Leandro com muito carinho no meu coração.

Camila dos Reis


Olá professor Elder, fiquei realmente muito triste com a notícia, fiz meu TCC com o professor Leandro ao longo do ano passado e pude conhecer mais do professor como pessoa, um cara ótimo, sempre atencioso, disponível e tratável, além de um profissional muito competente era uma ótima pessoa, meus pêsames para amigos e familiares nesse triste momento. 

Thiago Miklan


Meus pêsames mais profundos por perdemos um professor e pessoa tão incrível quanto o prof. Leandro. 

Sua atenção com os alunos era igualmente equiparada com a atenção com que se mantinha atualizado em sua área de atuação. Transparecia humildade, bondade, e afeto em todas as palavras enquanto professor.

Particularmente tivemos discussões em que ele incentivava-me a ir além da grade do curso e ver novas tecnologias e me ajudou no estudo e conhecimento de novas tecnologias e curiosidades. Sempre com seu jeito humilde. 

Realmente senti esta perda. 

A partida inesperada é amarga e dolorosa não só para a família e amigos como a todos em que Leandro tocou com a sua bondade. 

Eu sinto esta perda como aluno e como amigo.

Desejo força para a família, e sinto muito pela perda.

Lucas Suppes


Meu nome é Alicia e eu fui aluna do professor Leandro. Ele foi um dos melhores professores que tive na vida, suas aulas não eram apenas aulas, eram shows, eram palestras sobre a vida . Se hoje eu sei programar e ainda estou na área de TI devo isso a ele . Ele foi um dos poucos professores que teve a paciência de sentar comigo e me ensinar a matéria, tirando todas as minhas dúvidas com sua paciência infinita e seu sorriso acolhedor. Por tudo isso sou eternamente grata a ele e assim como todos que o conheceram sentirei imensamente a falta dele. Obrigada por tudo professor Leandro. 

Alicia Costa


O falecimento do professor Leandro José Komosinski surpreendeu a todos do curso de Sistemas de Informação da Universidade Federal de Santa Catarina.

Sempre quando eu entrava em contato com ele, e eu entrava na sala dele para conversar, ele sempre entendia a minha situação, e ele falava os melhores conselhos possíveis do que deveria fazer em cada situação.

Inclusive quando eu estava no começo do curso de Sistemas de Informação, e eu já queria conseguir uma vaga para trabalhar em um estágio, ele me aconselhou acertadamente que, já que naquela época eu não tinha conhecimentos em programação de computadores, a melhor atitude a ser feita no meu caso, é primeiramente aprender programação de computadores ao longo do curso de Sistemas de Informação, para depois conseguir uma vaga de estágio na área. E ele estava totalmente correto.

Tentei conseguir ele como orientador do Trabalho de Conclusão do Curso, e ele disse acertadamente que o tema que eu escolhi não era apropriado. E ele estava totalmente correto. Hoje em dia estou trabalhando no Trabalho de Conclusão do Curso com um tema mais atual e relevante.

Nos últimos dias, eu enviei e-mails para ele para formalizar um contrato de estágio. Entretanto, eu realmente não sabia que ele estava doente, e que a resposta dele nunca chegaria.

Gostaria de expressar as minhas mais sinceras condolências, e dizer que ele realmente foi um excelente profissional, sempre entendendo as situações de cada aluno, e dependendo da situação do aluno, ele sempre guiava as pessoas para os melhores conselhos possíveis.

Ele realmente fará muita falta. Os meus mais sinceros pêsames,

Igor Cordeiro Szeremeta.


É com muita dor que recebo essa notícia! Eu estou profundamente triste. 

O Leandro participou de uma parte importante na minha vida na qual eu não estava bem, e com aquela calma que ele exercia,sempre sai esperançoso e mais aliviado devido ao seu trabalho e conselhos que me foram dados.

Eu me sinto muito triste com a notícia e plenamente agradecido pelo profissional e amigo que ele foi!

Que Deus conforte o coração dos familiares e dos amigos!

Clayton Santos


Sempre me recordarei do professor Leandro como sendo um dos melhores educadores que já conheci.

Uma didática ímpar e entusiasmada, um metodo singelo e unico de ensinar. Ele amava o que fazia!

Com muita tristeza recebo a notícia de seu falecimento. Me reconforto ao reconhecer o privilégio que tive ao ter compartilhado a sala de aula com esse ser humano e profissional incrível. 

Que Deus conforte o coração da familia! 

Descanse em paz Professor Leandro, obrigado por tudo.

Raphael Silva


O professor Leandro, me ajudou muito nos primeiros semestres da UFSC. 

Foi um dos poucos que acreditou no meu potencial, apesar todas as minhas dificuldades ele nunca desistiu de me ajudar e disponibilizar seu tempo para me ajudar a qualquer momento. 

Este semestre eu estava fazendo a matéria de Web com ele. 

Então ainda é mais difícil acreditar e aceitar algo assim, apensar de ser EAD nos acostumamos com a realidade das aulas a distancia. 

Meus sentimentos a família e amigos. 

Guilherme Batistell


O professor Leandro era fantástico, sempre muito querido por nós alunos.

Alan Ensina


Era impressionante a organização e dedicação dele com seu trabalho. Ele também sempre dava muita atenção para os estudantes. Era um ótimo professor!

Lucas Tonussi


Em nome dos alunos da turma de 18.2 de Sistemas de Informação, encaminho nossa homenagem ao Professor Leandro.

Gostaríamos de prestar nossos sentimentos aos familiares e amigos do Professor Leandro. Respeitamos e admiramos muito a pessoa e professor que ele foi e agradecemos o bom trabalho e as boas lembranças que deixou.

Vai deixar saudades. Descanse em paz, Professor 💙

Com carinho de todos nós.

Bernardo Zucco Muller


À família do professor Leandro José Komosinski

Prezada família,

Foi com muito pesar que ficamos sabendo do falecimento do professor Leandro José Komosinski. Entendemos que esse é um momento muito difícil para todos que conheceram o professor Leandro, especialmente sua família mais próxima. Nós, ex-alunos do curso de Ciência da Computação da UFSC, turma 2009/1, nos solidarizamos pela perda do professor e estendemos nossas condolências aos seus amigos e familiares.

O professor Leandro sempre foi uma pessoa muito carismática e querida pelos seus alunos. Durante o tempo que compartilhamos no departamento de Informática e Estatística, ele nos proporcionou um ambiente acolhedor e nos abriu as portas para o mundo da programação de computadores.

Muitos de nós tiveram a oportunidade de cursar “Programação Orientada a Objetos I” com ele no ano de 2009, e hoje trabalhamos nas mais distintas áreas da computação, em diversos lugares do mundo. Temos muita gratidão pelo conhecimento que construímos em parceria com o professor e pela forma didática e respeitosa com que ele conduzia suas aulas.

Ficam as lembranças de um período de descobertas e amadurecimento em nossas vidas e a esperança de que possamos alcançar o mesmo nível de excelência profissional e humana que ele sempre demonstrou.

Nossos sentimentos,

Pedro Paulo Vezzá Campos, Richard Pereira e Silva, João Lucas Scharf, Davi Resner, Thaís Bardini Idalino, Juarez Angelo Piazza Sacenti, Felipe Silveira, Tarcísio Crocomo, Vitor Luís Pereira, Andre Kuhnen, João Olvi Siquerolli Neto e Bruno Loreto 


Querido e bom amigo, Leandro, descanse em paz!  Que teu belo exemplo de dedicação e amor aos cursos de Ciências da Computação e Sistemas de Informação nos inspire e que teu exemplo de lealdade e cordialidade como amigo e colega de departamento nos dê forças para seguirmos em frente! Que Deus console teus familiares e a todos nós que sentiremos muito tua falta.

Professora Lucia Helena Pacheco


Expresso aqui minha gratidão ao Prof. Leandro. Agradeço pelos ensinamentos e dedicação enquanto fui seu aluno. Agradeço pelo acolhimento e colaboração enquanto fui seu colega. Muito obrigado! 

Professor Martín Vigil


No início de março, ao ficar sem resposta de uma consulta ao Leandro, o que era absolutamente atípico, consultei o Elder, chefe do INE, se havia algo errado. E havia. E teve o desfecho que ninguém esperava. Leandro era um colega e amigo de longa data, três décadas para ser exato. Fomos novatos juntos, tendo eu chegado ao Departamento quase dois anos antes dele. Na passagem da cultura do paradigma estruturado para o paradigma orientado a objetos, tempos atrás, o Leandro teve um papel de destaque, formando os professores que posteriormente ensinariam programação orientada a objetos – inclusive eu. Em relação a paradigmas, ele era visionário, haja vista o seu foco atual de atenção em tecnologias de desenvolvimento web. No semestre passado, tive a alegria de ser seu aluno ouvinte na disciplina programação web – jamais imaginaria que seria a última oportunidade. Leandro sempre foi uma pessoa cortês, sempre disposto a ajudar, sempre um bom interlocutor. Essa notícia de hoje foi um grande golpe. Fica a saudade.

Professor Ricardo Pereira e Silva


Não tenho palavras para descrever o quanto eu admiro e gosto do amigo, colega, professor, Leandro Komosisnski.

Vou levar para sempre o exemplo e postura dele, muito correta, elegante, discreta, amável, carinhosa com todos nós.

O exemplo que ele nos deixa ficará para sempre em nossos corações.

Nossos profundos sentimentos pela perda, irreparável, do nosso amado prof. Leandro 😞

Professor Sérgio Peters (INE-CTC-UFSC)


Leandro era uma daqueles seres humanos cuja tranquilidade de espírito nos envolve. Sempre atencioso com  todos e comedido ao falar, demonstrava profunda empatia e sempre tinha um bom conselho ou apresentava um ponto de vista conciliador. Sempre demonstrou estar bastante ciente das questões que o cercavam. Dedicou-se enormemente ao fortalecimento do curso de sistemas de informação e também ao departamento. Sentirei muitas saudades deste meu caro amigo! 

Professora Jerusa Marchi.


Leandro era aquele colega de trabalho que todo mundo gosta de ter ao seu redor. Sempre bem humorado e solícito. Sempre apaixonado pelo ensino e pela área de programação. Com certeza muitos alunos aprenderam ou aprimoraram a programação com ele. Difícil acreditar que se foi assim tão cedo. Mas disse o destino que estava na hora de ele partir, mesmo tendo muito ainda a ensinar e compartilhar. Vai deixar saudades nas salas de aula e nos corredores do nosso departamento. Agora só nos resta desejar que ele descanse em paz e que Deus conforte a sua família.

Professora Patricia Vilain


Desde a minha chegada à UFSC em 2018, tive a sorte grande de poder contar com a parceria do Leandro. Dividimos a sala 412 (no INE). Sempre foi um grande apoiador, me acolheu com muito carinho e me ajudou muito a compreender a dinâmica da universidade como professor. É daquelas pessoas que você quer sempre por perto, um grande ser humano no qual você busca ser um dia. Um excelente profissional, cortês, amigável, tratava conflitos com muita serenidade. 

Em pelo menos dois momentos (quartas pela manhã), nos encontramos durante as corridas no Parque Municipal do Córrego Grande durante meus treininhos de corrida, tão regulares antes da terrível pandemia. A gente conversava e treinava, cada um no seu ritmo. Era uma satisfação sempre encontrá-lo.

Reservado, quando comentava algo sobre a vida pessoal, havia sempre muito carinho. Comentava das filhas e da esposa. Com muita alegria, um dia me comentou como havia conhecido a esposa, a qual ele tinha grande admiração. Nossas conversas na sala aconteciam geralmente em um momento no final da tarde, no qual ele puxava seu lanchinho da mochila. Eu sempre oferecia um cafezinho e ele sempre negava: “não posso beber café”.

Eu tive pelo menos duas oportunidades em que aproveitei para agradecê-lo e dizer dessa minha admiração. Felizmente, essa necessidade não vou sentir. Vou sentir falta do colega e amigo, e não espero que a lembrança acabe. No momento que a dor for atenuada, as lembranças me darão motivação para seguir o seu caminho e exemplo.

Se pudesse falar com ele, não daria um adeus, mas um até logo, na esperança de ter a oportunidade de conversar novamente com ele. 

Uma pessoa como o Leandro viverá para sempre em nossos corações. 

Desejo, com a maior sinceridade do mundo, que a família encontre forças para lidar com momento tão terrível e desolador.

Professor Rafael de Santiago

Entrevista com o Prof. Leandro José Komosinski

por Rafael de Santiago (durante a formação “Integração Institucional aos novos docentes 2018.2”)

Entrevista: a entrevista aconteceu no gabinete do professor, sala INE-412.

Qual o seu nome?

Leandro José Komosinski

Qual sua função na UFSC?

Professor

Quando você ingressou na UFSC?

Ingressei em 5 de julho de 1990, com 24 anos.

Quando você ingressou, como era a universidade?

Ingressei no último concurso do departamento em que a exigência era apenas ter graduação, embora eu já tivesse terminado o mestrado. As condições de trabalho eram bastante críticas pois o país estava passando por uma grave crise econômica. Às vezes, por exemplo,  não era possível aplicar prova na data prevista pois não havia papel. Por conta disso havia greves seguidamente.

Mudou muito daquele tempo para hoje?

A infraestrutura de hoje é muito melhor. Ar-condicionado nas salas de aula, nos gabinetes de trabalho. Como a informatização estava iniciando, o dia a dia era muito diferente. Havia 1 linha telefônica para todos os professores.  Na minha área, Informática, houve uma melhoria muito grande em termos de laboratórios para as aulas práticas.

Vejo que a UFSC hoje é muito mais conhecida, por conta do aumento do número de estudantes, qualificação dos professores (o número de doutores aumentou bastante) e consequente diversificação das pesquisas e das atividades de extensão.

Para você, o que significa trabalhar na UFSC?

Sempre foi um orgulho dizer “sou professor da UFSC”. Estar em uma universidade pública prestando serviços de qualidade sempre foi a principal motivação para continuar na carreira.

Florianópolis, 18 de setembro de 2018.

Projeto de Telemedicina do INCoD participa com especialistas convidados da Comissão Externa COVID-19 da Câmara dos Deputados – CEXCORVI

02/07/2020 09:24

Nesta Quinta, 25/06/2020, participaram  os Profres. Cristina Calvo (SPB/UFSC) e Aldo von Wangenheim (INE/UFSC), além de Harley Miguel Wagner, Gerente de Operações de Telemedicina de SC, de Reunião Técnica por Videoconferência da COMISSÃO EXTERNA DESTINADA A ACOMPANHAR AÇÕES PREVENTIVAS DA VIGILÂNCIA SANITÁRIA E POSSÍVEIS CONSEQUÊNCIAS PARA O BRASIL QUANTO AO ENFRENTAMENTO DA PANDEMIA CAUSADA PELO CORONAVÍRUS da Câmara dos Deputados, presidida pelos deputados Carmen Zanotto (CIDADANIA/SC), Adriana Ventura (NOVO/SP)  e  Luiz Antonio Teixeira Jr. (PP/RJ).  Em função da importância da Telemedicina de SC no cenário nacional, os pesquisadores da UFSC participaram da CEXCORVI a convite da Deputada Carmen Zanotto (CIDADANIA/SC) que, quando esteve à frente da Secretaria de Estado da Saúde de SC teve papel fundamental na implantação da Telemedicina como Política de Estado em SC. A Telemedicina de SC ganhou notoriedade nacional quando tanto a Frente Parlamentar Catrarinense quanto o Senador Dario Berger (MDB/SC) defenderam de que deveria ser modelo nacional para enfrentamento da COVID-19.

Mais informações:

Tags: coronavirusCOVID-19TelemedicinaTelessaúde
  • Página 1 de 3
  • 1
  • 2
  • 3